Home Instagram Instagram e Crise mundial: as fronteiras entre o entretenimento e a saúde mental

Instagram e Crise mundial: as fronteiras entre o entretenimento e a saúde mental

by simplegram
0 comment

Se você faz parte do grupo de pessoas que está confinado em casa devido à quarentena, com certeza, seu tempo de navegação nas redes sociais deve ter aumentado, o que pode ser facilmente monitorado através da guia “Minha atividade”, no caso do aplicativo do Facebook e do Instagram, caso tenha curiosidade.

Nesse momento em que uma pandemia tenta ser contida no planeta e que temos mais tempo livre para o uso da internet, notícias ruins chegam a todo momento em todas as plataformas midiáticas e sociais, isso por si só já é o suficiente para aumentar a apreensão e preocupação de seus usuários, podendo desencadear crises de pânico e ansiedade em pessoas mais fragilizadas com o isolamento social.  No entanto, este não é o único risco do Instagram, ao que se refere à saúde mental durante o período de reclusão, conteúdos, demasiadamente, positivos ou negativos podem influenciar no sentimento de melancolia (comum na situação atual) e contribuir para que este, por sua vez, se torne um quadro psicológico mais grave.

Em caso de percepção de desânimo constante, ansiedade persistente, sentimentos de inutilidade, desesperança ou pessimismo, não é ideal acompanhar perfis em que o instragrammer, ou usuário comum, demonstra extrema produtividade, de modo a fazer parecer que seja fácil manter uma rotina produtiva durante o período de quarentena, pois além de não garantir que instigue a sua produtividade, pode causar mal-estar e ideia de inutilidade por não conseguir o resultado “x” exposto; Contas em que o usuário só publica os “pontos positivos” do isolamento – principalmente, em caso de sujeitos altamente privilegiados – também devem ser evitadas, uma vez que, os pontos expostos podem não ser compatíveis com seus próprios sentimentos em torno do período e causar um descontentamento ainda maior; Também não é adequado acompanhar o contrário, ou seja, um perfil que publica apenas informações ruins em torno dos acontecimentos mundiais, posto que se forcamos apenas nas tragédias, a sensação de que as coisas só irão piorar será inquietante e também pode causar a sensação de pânico.

Em vez de transformarmos o Instagram em uma arma contra nossa psiquê, que ele seja uma ferramenta de descontração desse período de introspecção ao qual fomos induzidos, isto é, procurar o equilíbrio entre os otimistas e os pessimistas, dar preferência aos perfis ligados à arte, à comédia pode auxiliar no combate à melancolia, assistir a live de seus artistas favoritos, acompanhar contas de conteúdos sinestésicos e criativos pode estimular sua criatividade para suas próprias criações, afinal, raramente você poderá ter tanto tempo livre para criação de conteúdos como agora e, ainda mais dificilmente, haverá tantos seguidores e usuários do Instagram em geral, com tempo livre para passar tanto tempo online vendo coisas aleatórias na plataforma; apesar da problemática central, é um bom momento para ganhar seguidores e até conquistar alguns fãs.

Além disso, pode ser bastante terapêutico a criação de conteúdo, seja uma colagens de fotografias, vídeos zoados com estética excêntrica, vídeos no estilo TikTok, imagens psicodélicas, seja um tutorial de algo que saiba fazer ou até desenhos manuais, o importante é ocupar a mente e extravasar através de qualquer arte que saiba produzir (ou que tenha interesse em aprender), a qualidade não se encontra na perfeição, mas no que será expressado pelo seu material. O perfil Noo (Noo.media) é repleto de vídeos com publicações de diversos artistas digitais, de diferentes materialidades de aptidões, contendo o link de cada um a fim de divulgar trabalhos criativos e diferentes do comumente visto, vale a pena conferir a conta, inspirações não irão faltar.

É um momento difícil, no entanto propício para descobrir novas possibilidades no seu Instagram, independentemente, de como era seu uso dele antes da pandemia: crie, descubra, invente, loucure-se.

Quer saber como crescer no Instagram ainda em 2020? Acesse nosso artigo https://simplegram.com.br/como-crescer-no-instagram-em-2020/

Related Posts

Leave a Comment